Imperial

TRE-PB realiza palestra de educação política para comunidades indígenas

TRE-PB promove ação de educação política para comunidades indígenas.

Buscando incentivar a participação política das comunidades indígenas da Região do Litoral Norte paraibano, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), através da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-PB), promoveu na última sexta-feira (20) ação de educação política para as 32 comunidades indígenas.

O evento aconteceu na Vila Montemor, município de Rio Tinto, onde reuniu mais de 300 indígenas.

Na abertura do evento o Cacique Geral das 32 Comunidades Indígenas, Sandro Gomes Barbosa, registrou a sua satisfação em receber a Justiça Eleitoral para conscientizar e repassar informações que julga importantes para os indígenas. “Nossos índios terão a oportunidade de escutar da Justiça Eleitoral o valor do seu voto e a importância que ele tem. Ao recebermos essas orientações e voltarmos para nossas aldeias, seremos multiplicadores das informações recebidas. Agradeço aos Juízes que trouxeram a Justiça até nós”.

Os indígenas apresentaram o ritual de dança festiva e religiosa chamada de Toré, dando boas-vindas aos participantes da ação. Ao final da apresentação indígena, o grupo teatral do TRE-PB, “Cenário Eleitoral” apresentou a Peça “Eu e a corrupção”, transmitindo uma mensagem que sensibilizou os participantes.

Em sua fala, o juiz eleitoral da 55ª ZE de Rio Tinto, Judson Faheina explicou sobre o projeto: “Temos sempre o cuidado de orientar as comunidades indígenas dos municípios que pertencem a 55ª Zona Eleitoral, Rio Tinto, Marcação e Bahia da Traição,  com o  projeto de cidadania da Escola Judiciária Eleitoral, vamos garantir ainda mais a educação política, fortalecendo a representatividade dos povos. O projeto proporcionou um momento histórico para a Justiça Eleitoral da 55ª Zona Eleitoral.”

O Procurador Regional Eleitoral, Victor Carvalho Veggi, também se pronunciou: “O respeito à Constituição vai nos dar aquilo que a gente precisa, educação, saúde, segurança. Então, é importante nos envolvermos, vamos participar”.

O Juiz Diretor da EJE-PB, Antônio Carneiro de Paiva Júnior, enfatizou, em seu discurso, que “o grande juiz das eleições somos cada um de nós”: “Agradeço à comunidade indígena, ao meu colega juiz doutor Judson, ao doutor Raldeck, Promotor de Justiça, a todas as autoridades locais que nos receberam; quero dizer que o Poder Judiciário, que o Tribunal Regional Eleitoral, vai visitar todas as Zonas Eleitorais do Estado da Paraíba, levando esta mensagem que nós estamos trazendo aqui; agora muito mais do que trazer a mensagem, a gente precisa sair daqui com a certeza que vocês vão sair daqui com essa reflexão: o grande juiz das eleições somos cada um de nós. E nós temos nas mão a grande oportunidade de fazer com que a gente viva dias melhores, mais justos, mais felizes; muito obrigado a todos vocês”.

Por fim, o Diretor-geral da STRE-PB, André Soares Cavalcanti, falou aos presentes: “Tudo que foi dito aqui é verdadeiro, a gente tem que realmente pensar no valor do voto, no poder que a gente tem em outubro para decidir sobre o futuro da comunidade, do nosso estado, do nosso país”.