Imperial

Prefeito de Cruz do Espírito Santo está na lista dos 26 gestores que não usaram diárias em 2018

De olho na crise econômica que atinge os estados e municípios, o prefeito Pedro Gomes (mais conhecido por Pedrito) de Cruz do Espírito Santo, conforme levantamento realizado no sistema de acompanhamento de recursos do Sagres, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), aparece como um dos 26 gestores, das 223 cidades paraibanas, que não usaram diárias, referente ao exercício de 2018.

Pedrito disse ao blog, que dinheiro público pertence à população da cidade, merece ser bem aplicado e deve ser gasto em benefício da população, das zonas urbana e rural. Ele lembrou que Cruz do Espírito Santo está no caminho certo, rumo ao desenvolvimento.

O gestor ressaltou que sua gestão adotou a política de economizar na administração pública, com participação dos secretários e auxiliares. “O nosso foco é trabalho e dentro das possibilidades financeiras da Prefeitura, atender as demandas das famílias carentes”, afirmou Pedrito.

De acordo com Pedrito, pagamento de diária é legal, é utilizada para deslocamento, passagens, alimentação e hospedagem, para prefeitos, vice, secretários, que obtiveram concessão para agendas externas, a serviço do município (governo municipal), a exemplo de congresso, reuniões, cursos de capacitação/treinamentos para servidores e outros.

Por: Chico Soares