Imperial

Na Câmara: Val de Curralinho defende voto aberto: “quem não deve, não teme”

Vereador Val de Curralinho, da cidade de Itapororoca, foi entrevistado no Panorama 92 da Consolação do Vale (92,3 fm).

O vereador Val de Curralinho (DEM) defendeu, durante entrevista ao Programa “Panorama 92”, o voto aberto em apreciação de contas de atuais e ex-gestores, na Câmara de Vereadores de Itapororoca.

Para o líder do governo da prefeita Elissandra Brito, o voto precisa ser aberto, e a população deve tomar conhecimento dos posicionamentos dos seus representantes no Poder Legislativo. “Quem não deve, não teme. Eu cobro mais transparência no legislativo”, argumentou.

Questionado sobre seu posicionamento em ralação as contas do último ano da administração do ex-prefeito Erilson Cláudio, o vereador adiantou que só revelará seu voto na tribuna da casa de Rúbio Maia Coutinho, quando o processo for colocado em pauta pela presidência.

Val defendeu ainda, mudanças na legislação no que diz respeito à competência da aprovação ou reprovação de um processo de avaliação contábil do exercício financeiro de um gestor. Para ele, nem todo parlamentar está preparado tecnicamente para avaliar um processo dessa natureza. “Hoje em dia, a avaliação é mais política do que técnica. Acredito que essa avaliação caberia mais adequada aos auditores”, pontuou.

Val de Curralinho é vereador em seu primeiro mandato, obtendo na eleição de 2016, 479 votos.

Acompanhe entrevista completa no vídeo abaixo: