Imperial

PSB Nacional aguarda formalização de renúncias

Quatro dos sete membros nomeados na comissão provisória pela executiva nacional do PSB decidiram recusar os cargos na legenda, na Paraíba. Foram eles: o governador João Azevedo, o senador Veneziano Vital, o secretário de Governo e ex-presidente da sigla na Paraíba, Edvaldo Rosas, e a secretária de Mulheres, Valquíria Alencar.

Segundo informações, a direção nacional do partido aguarda agora para saber se a recusa coletiva geraria uma nova “autodissolução” a exemplo do que foi registrado no último dia 16, quando a maioria do diretório estadual renunciou e causou a destituição do partido.

Nesta terça-feira, o Parlamento PB obteve a seguinte informação da nacional:

Caso alguém não queira formar parte da comissão precisa formalizar a sua renúncia à Direção Nacional, já que foram nomeados para integrar o colegiado. Quando – e se – o fizerem, o partido definirá as providências a serem tomadas.